Servidor de Email Postfix

Olá meus queridos alunos, estou criando a artigo para ajudar com todas as novas aulas que serão adicionas.

Não é mais necessário a senha para acessa os conteúdos conceituais.

Aqui serão adicionados conceitos fundamentais sobre servidores Postfix.

Sua recomendação também é importante.

Se algo ainda não foi adicionado, pode ficar tranquilo, pois estou trabalhando nisso.

Servidor de Email Postfix

Para fins de organização, as seções serão separadas aqui por meio de um índice.

Noções Básicas

Vamos começar pelas noções básicas sobre princípios de email .

A sigla SMTP significa Simple Mail Transfer Protocol (Protocolo de Transferência de Correio Simples),

Quando alguém fala sobre servidor de email, ela está se referindo ao protocolo utilizado para envio de emails, basicamente é o SMTP que usa a porta padrão 25.

Vejamos alguns conhecimentos importantes sobre o servidor de email.

Mail Transfer Agent (MTA)

É o agente de transferência de mensagens. Essa é a parte da solução de email que entrega mensagens do servidor de email para o servidor de email.

O MTA usa o protocolo SMTP para enviar mensagens para outros servidores na Internet.

Para localizar o servidor que deve ser usado para essa finalidade, o registro MX Mail MailXchange (MX) é usado. 

A principal comunicação por email na Internet é apenas entre os servidores MTA.

Mail Delivery Agent (MDA)

É quando um MTA recebe uma mensagem destinada a um dos usuários locais, a mensagem é passada para o agente de entrega de mensagens (MDA).

O objetivo final do MDA é entregar a mensagem na caixa de correio de um usuário.

Mail User Agent (MUA)

É quando um usuário deseja enviar ou ler mensagens, um agente de usuário de email (MUA) é usado.

Isso normalmente é o programa que o usuário está usando, como o cliente de email de linha de comando e: 

A interface de usuário de texto que é oferecida com Mutt, Pine e etc;

 Um cliente gráfico, como Evolution, Thunderbird e etc;

Processo de transmissão de e-mail

Em sua configuração padrão, esse processo de servidor de email pode enviar mensagens para outros servidores de email na Internet, desde que a configuração do DNS (Domain Name System) para o domínio do servidor de email esteja correta.

Normalmente, se o endereço IP do servidor de correio puder ser resolvido de volta para o nome de domínio no qual o servidor de correio está, o servidor de correio pode enviar mensagens para outros MTAs na Internet.

Soluções de servidor de email

No Linux, diferentes soluções de servidor de email estão disponíveis. No passado, o serviço de e-mail do Sendmail era o servidor de e-mail mais comum do Linux.

Foi complicado, no entanto, e usou uma sintaxe que era difícil de entender.

Mesmo sendo complicado, o Sendmail se tornou o padrão para o tratamento de mensagens no Linux.

O Postfix foi desenvolvido para ser compatível com o Sendmail, mas mais fácil de configurar.

Analista de Suporte Linux Red Hat

O curso foi elaborado com os principais requisitos pedidos em vagas de emprego para profissionais Linux. Curso com Certificado.

Comprar

Servidor de Email Postfix

O Postfix é usado como o serviço de correio. O postfix consiste em diferentes processos que cuidam de tarefas específicas.

Os processos são direcionados pelo serviço master Postfix, que lê o arquivo de configuração /etc/postfix/master.cf para descobrir quais serviços são para tarefas específicas.

É fácil substituir um serviço específico por outro, se necessário.

Visão geral dos processos do servidor Postfix

master - O processo que controla todos os outros processos do Postfix.

smtp - Responsável pela comunicação SMTP entre os hosts Postfix.

pickup - Pega mensagens depois de terem sido colocadas na fila de mensagens.

cleanup - Limpa a fila de mensagens após a entrega da mensagem.

rewrite - Se os mapas postfix forem usados para reescrever partes do cabeçalho da mensagem, o processo de reconfiguração cuidará disso.

sendmail - O programa padrão que é usado para enviar mensagens e que é implementado pelo Postfix.

qmgr - Processo genérico que gerencia o conteúdo da fila de mensagens.

Configurando os Parâmetros do Postfix

Para configurar um servidor de correio do Postfix, você precisa alterar os parâmetros apropriados.




Todos os parâmetros do Postfix estão no arquivo de configuração /etc/postfix/main.cf

O desafio é que esse arquivo contém muitos parâmetros que permitem configurar o Postfix para muitos casos de uso diferentes. 

Quando você for configurar durante o treinamento vai perceber que várias linhas serão alteradas, mas outras se quer serão mencionadas, visto o tamanho do arquivo.

Segue abaixo alguns dos parâmetros mais comuns:


  • inet_interfaces - Interface (s) na qual o serviço Postfix oferecerá serviços. Por padrão, defina apenas para loopback! Definido para todos para que o Postfix escutar em todas as interfaces de rede.
  • myorigin - Permite que você reescreva o email enviado para um domínio específico em vez de $ myhostname. Geralmente usado para remover o nome do host do endereço de e-mail dos remetentes.
  • relayhost - Especifica para qual servidor de email central encaminhar mensagens.
  • mydestination - Domínios tratados por este servidor. O correio endereçado a um domínio não listado em mydestination é rejeitado.
  • local_transport - Especifica o que usar para entrega de correio local. Nos servidores que não lidam com a recepção de mensagens, defina como "erro: entrega local desativada".
  • inet_protocols - Especifica qual protocolo usar para oferecer serviços. O padrão é IPv6, se estiver disponível. Defina como ipv4 para manter a configuração fácil.
  • mynetworks - Lista de redes separadas por espaço que podem ser retransmitidas.
 


Servidor de Email Postfix

Estamos em construção. 😉 Logo o artigo estará completo. 

Confira os Posts
Gerenciador de Volume Lógico
Servidor de Email Postfix
Raid no Linux
DNS no Linux

5/5

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Begin typing your search above and press return to search. Press Esc to cancel.